segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

O tempo



A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Mário Quintana

3 comentários:

  1. Para refletir:
    Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
    Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
    E ter paciência para que a vida faça o resto...
    Não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo
    de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.
    (William Shakespeare)

    Faça dessa nova semana um novo início rumo à
    felicidade.
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Chega o vento assobiando
    fazendo riscos imaginários
    como ondas no céu soprando sobre folhas ,
    flores, vidas chega a brisa manhã
    canta suaves carinhos
    envolve numa doce,
    fresca brincadeira
    lembranças num rastro
    manso luz vento , brisa,
    vida tocam rios janelas
    todas as casas calçadas
    soprando sorrisos
    lembrando todos os caminhos
    colorindo como se fosse carrossel
    verdadeiros roda moinhos
    deixando correr a vida
    como fosse melodia...
    (Maria Thereza Neves)

    Tenha uma linda semana
    Abraços

    ResponderExcluir